Tá na Mão: confira 7 dicas para cuidar das unhas

Depositphotos_59792387_xl-2015

Manter uma rotina de beleza é uma prática bastante comum para a maioria das brasileiras: fazer as unhas semanalmente, tirar a sobrancelha a cada 15 ou 20 dias, manter a depilação em dia e vez ou outra dar um tapa no visual, seja uma escova, uma hidratação, um corte ou mesmo uma tintura.

Porém, ao vir para o Canadá, todo esse padrão inevitavelmente muda. Isso porque é preciso se adaptar a uma nova vida e, principalmente, a costumes diferentes.

No início é normal não se preocupar tanto, afinal, você está em um novo país e suas preocupações estarão mais voltadas às novidades, a conhecer seu “novo lar” e se adaptar à uma nova rotina. Mas, após toda essa euforia, você começa a sentir falta de pequenas coisas que faziam parte do seu cotidiano, principalmente fazer as unhas regularmente.

Claro que aqui no Canadá como em qualquer outro país do mundo existem serviços de beleza básicos como manicure ou depilação. Mas, como são culturas diferentes, é normal que você precise se adaptar a novos métodos, técnicas e preços.

Os salões daqui são bem parecidos com os brasileiros. Mas a maioria são espaços destinados especificamente para cada tipo de serviço de beleza como os só para manicure, as chamadas “esmalterias”.

Se você for fazer os pés em um lugar desses, por exemplo, além do tratamento das unhas você ainda recebe uma massagem relaxante ao ficar sentado em uma daquelas cadeiras de massagem bastante comuns nos shoppings do Brasil. Você provavelmente já deve ter visto uma cena dessas em algum filme ou programa de TV, não é mesmo?

As técnicas para fazer as unhas aqui no Canadá também são diferentes, mas, no geral, as manicures daqui não retiram a cutícula (por questões de higiene e saúde) algo que é super comum no Brasil. Elas empurram levemente para baixo com uma espátula ou retiram a cutícula apenas superficialmente, lixam e pintam com algum esmalte de unha. Além disso, a diversidade de cores de esmaltes que estamos acostumados no Brasil por aqui também é limitada.

Como esse tipo de serviço por aqui acaba sendo “caro” se comparado com o Brasil ou quando as mulheres não se adaptam ao “jeitinho canadense” de fazer as unhas, muita gente opta por colocar as famosas unhas postiças.

Existem aquelas prontas para colar diretamente nas unhas que você encontra facilmente em farmácias ou grandes supermercados e a opção de fazer as unhas de gel que, apesar de mais caras, tem uma durabilidade maior. Assim você evita de ir à manicure com frequência e faz apenas a manutenção quando achar necessário. Dependendo da qualidade, algumas unhas de gel podem ficar até meses sem fazer manutenção.

Mas, se você é nova no país, é normal que sinta um pouco de dificuldade de encontrar manicures por aqui, principalmente nos primeiros meses onde tudo é muito novo e gera medo. Ou se você simplesmente não gostou das técnicas usadas, você mesma pode fazer as próprias unhas em casa.

7 dicas para cuidar das unhas

1. Material Básico:

O primeiro passo é ter todos os materiais necessários à sua disposição. Você vai precisar de:

  • Tesoura para aparar as unhas antes de pintá-las. Evite usar o alicate, pois você perder a afiação do corte;
  • Lixas – São necessárias para dar formato às unhas;
  • Um alicate bem amolado – se você gosta de tirar as cutículas;
  • Espátula para empurrar as cutículas – no caso de você preferir não tirá-las;
  • Palito, algodão e removedor para limpar o excesso de esmalte após a esmaltação;
  • Base intensificador de cor e óleo secante. Caso não encontre todos esses produtos, só o esmalte já é o suficiente.
  • Esmalte/nail polish – da cor que preferir;

2. Hidratação das Unhas

O segundo passo para manter as unhas perfeitas é mantê-las hidratadas. Fazer uso de um bom hidratante evita que as unhas fiquem enfraquecidas e as cutículas ressecadas. Isso faz toda a diferença no resultado final.

3. Remova as Cutículas (Opcional)

Utilize um amolecedor ou coloque as unhas de molho em água morna para facilitar a retirada das cutículas. É importante que o alicate esteja bem afiado para melhores resultados e, principalmente, ter bastante cuidado e atenção para não se ferir.

Essa talvez seja a etapa mais difícil para quem decide fazer as unhas em casa. No começo você pode sentir um pouco de dificuldade, mas não tenha pressa, a prática leva à perfeição.

4. Lixe e corte as unhas

Corte e lixe as unhas no formato desejado. Isso ajuda a não só dar o formato que mais combina com o seu estilo como também dá um ar mais profissional.

5. Proteção das Unhas:

Fazer uso de uma boa base antes da esmaltação não só ajuda a proteger a unha como também faz o esmalte durar mais tempo. Passe uma camada de base em todas as unhas e espere secar.

6. Esmaltação:

Após escolher a sua cor de esmalte preferida, passe duas camadas generosas sobre as unhas e limpe o excesso com o palito. Uma boa dica é remover uma fina camada do esmalte no topo da unha com a ajuda do dorso de um dos dedos, isso evita que o esmalte “descasque rápido”.

Após a pintura das unhas passe uma fina camada do intensificador de cor que, como o próprio nome diz, intensifica a cor bem como ajuda a manter o esmalte nas unhas por mais tempo.

7. Limpeza:

Após finalizar a esmaltação das unhas, faça a limpeza do excesso com o auxílio de um removedor de esmaltes, palito e algodão. Tenha cuidado para limpar apenas ao redor das unhas e não borrar a pintura. Após isso, finalize com o óleo secante e pronto. Suas unhas ficarão bem feitas e dignas de uma manicure.

Fechar Menu